quarta-feira, 27 de outubro de 2010

E a Vida tem o seu Nome

E a vida pede passagem...
Num grito... ou num gemido!
Num "rasgo" no peito... colorido
Em uma fresta... brecha... cratera
E a vida está nos teus olhos
Quando os vejo...
São como faróis de carro
Transparentes... Vermelhos...
Tipicamente a noite... hora do "rush"
Quando também nascem as estrelas
No azul asfalto do céu...
E eu na verdade estou cansada de falar de você...
Queria mesmo era me calar... diante de ti!
E a vida pede passagem... tem outros sinais agora
Na sua face... nessa pouca barba...
Que se mistura aos seus traços
Nesse sorriso escondido
Nesse jeito de menino
E a vida aqui dentro é um caos
Na sua falta tudo é confusão
Seu "aproximar" é tão fugaz
Só te percebo quando você não "está" mais!
E as palavras começam a se multiplicar
São como cachoeira dentro de mim
Mais uma vez vou tentar te buscar
Percorrer caminhos noturnos
Perfumar minhas linhas
Nesse meu palavreio... sem freio!
Por ser demasiado... meu sentir!
Que eu não me interesso em definir...
E a vida palpita... trepida...
Rebate... e eu desenho você
Ao meu lado...
E a vida tem o gosto dos teus beijos
Doce... ácido,  jabuticaba... chocolate!
E você se diz meu... quando vem me dizendo "seu"
E a vida engana... brinca... ilude
Você está tão longe...
Pensei em pintar meus cabelos da cor da sua cidade
E as minhas unhas com o tom da sua pele
Para que você fique mais em mim
Nessas sensações acumuladas
Que me sustentam...
Enquanto você não pode estar aqui...
E a vida segue... sem esperar...
Que eu te alcance... que você volte!
E a vida tem o seu nome
Em três letras apenas
Devem ser a metade do seu nome inteiro
Nada mais sei...
Além da verdade
Que a vida é você
Habitando... meu... "Viver"!

21 comentários:

Eueeumesma disse...

Lindíssimo! É assim mesmo, a vida segue sem muitos nomes, mas também com novos nomes!

Beijos!

Paulo Medeiros disse...

... e a vida pede passagem. E que nossos corações sejam a passarela do amor com camarotes repletos de carinho e respeito.
Ai ai ai! Ah se alguém escrevesse esse poema pra mim. Ufa! Casaria na hora rsrsrsr.
Beijos, você como sempre, muito intensa nos seus versos.

Vanessa disse...

Tô tão tristinha hoje que só vc pra me dar um pouco de motivo pra sorrir....

Beijos minha amiga...

Vã sempre aqui ;)

Andre Mansim disse...

Puxa Sí... que lindo isso hein...
Vc realmente escreve muito bem! Parabens pelo texto e pela inspiração!


Atualizei o blog, passa lá!

Cantinho She disse...

Essa minha afilhada me mata de orgulho, fiquei aqui um tempinho te lendo, mas não consegui deixar comentário em nenhum de seus posts... Afffffff!
Pela última vez, estou tentando mais uma vez, se não conseguir volto mais tarde, ou amanhã, mas se conseguir vou fazer:
- Iuuuuuuupiiiiiiiiiiiiiiiii!
Beijo, beijo Sil!
She

Franck disse...

Sil, que a vida chegue, peça licença e diga seu nome, em alto e bom som ou num sussuro, o que importa, é que vc está ai, esperando-o e agarre-a!
Bjs de uma tarde iluminada e de quase 40º.

หคтнყ disse...

Simplesmente Lindo...
sinceramente, isso é muito inspirador.
Isso mostra que tu sabe muito bem passar os seus sentimentos através da escrita .

Bjão

Geraldo "Poeta louco" disse...

Que cantinho gostoso... Isso é inspiração que inspira...
Se a vida pede passagem, descerremos as portas e... Vamos juntos em busca da real felicidade, motivos não faltam, e, se faltar... É só, o cantinho da SIL, visitar.
Beijos e " Você me faz tão bem!"

Teresa Cristina disse...

Tudo o que move é bom, suas palavras movem emoções e paixões...bjus querida Sil!

Flor da Vida disse...

Poema belo, intenso, colorido! Amei!!! Amiga, carinhos... Bjsss

Luiz Neves de Castro disse...

Sil, com textos como esse não se vive um dia de cada vez. Vive-se uma eternidade a cada dia... Beijos

Eric Felipe disse...

Quantos sentimentos expostos em um único post! Fiquei maravilhado e querendo ser um pouquinho tão claro e objetivo quanto você em relação ao "sentir". Você tem uma alma esplêndida, muito digna e amabilíssima! Dou apenas um nome para a sua vida que foi exposta aqui: AMOR!

Minha nobre amiga...
Me desculpe por ter ficado tanto tempo longe de ti. Eu andava meio afastado até mesmo da blogsfera, matutando sobre certos aspectos da minha vida. E, como sempre, me faltaram palavras para falar à ti. Cada vez que passo por aqui, fico sem ar, e sempre querendo mais!

Um caloroso e fraterno abraço.
Tenha uma ótima quinta-feira, e que sua semana continue muito abençoada.
Beijão!

Silvana Villas-Boas disse...

Sil, querida Xará

Que poema mais lindo e apaixonante. Amei e viajei em tuas palavras. Virei sua fã e seguidora hoje.
Bjussss mil
Da Sil

Malu disse...

Oi , Sil !

Continuas cada vez mais intensa , no sentimento , na palavra ... :)


BjO Grande e uma Tarde Cheia de Coisas Boas.

Jorge Pimenta disse...

texto vivo, intenso, que conjuga todo um espectro de emoções humanas sob a cartilha das relações, lugar onde tudo e nada se ganha e se perde... arredia, apenas a indiferença...
um beijinho, amiga!

Malu disse...

Sil , amiga querida


Aqui tudo é sempre Intensivamente
AMOR ... :)

E viva o Amor , a Poesia , a Vida !



Bjo Grande e uma Noite Iluminada.

Tudo Aconteceu Assim disse...

Oi pequena amiga, adorei ler suas palavra, onde não julga quem sou ou como penso, mas me mostra um caminho para tentar melhorar tanta angustia que carrego dentro desse coração esfarrapado, penso que nada é tão bom quando sabemos que as pessoas nos permitem ser parte do que somos de verdade, e é dessa forma que me sinto nesse blog, hoje tenho vocês que com humildade e singela verdade me visitam e me deixam palavras tão bonitas e verdades de coisas que também já viveram ou acreditam.

Adorei seu post também e sempre que puder te farei uma visita.

Mais uma vez obrigado.
Beijos Walter.

Cristiane disse...

Silene...tive que ver de perto esses olhos lilazes! Quase iguais aos meus. Lindos. Vou ficando por aqui para acompanhar-te. BJs no ♥

Jussanã Gomes disse...

Parabéns, excelente poema, amei. Maravilhoso, mais uma vez Parabéns.

Jussanã G

Elen Abreu disse...

Quanta inspiração,quanta paixão!
Lindíssimo :)

Um beijo querida e uma ótima tarde!

Elen Abreu disse...

"Pensei em pintar meus cabelos da cor da sua cidade
E as minhas unhas com o tom da sua pele
Para que você fique mais em mim
Nessas sensações acumuladas
Que me sustentam..."

Amei esse trecho!

bj