segunda-feira, 20 de maio de 2013

Retornar





Vir aqui dói...
Nascida num tempo de caos
Levantei-me entre rosas e espinhos
Pessoas que não voltarão mais
Sonhos que faleceram
Expectativas superadas
Amigos para sempre guardados em uma alma azul
Em tons discretos de vermelho
A vida segue...

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Eternamente...

Amanhã...
Eu acordarei cansada
Cansada de lhe esperar
E sem descanso
Eu ainda te esperarei em outras noites
Por dentro das madrugadas de lua clara
Ou sem estrela alguma
E nas próximas manhãs de todas as primaveras
De todas as estações vindouras
Para sempre amanhã...
A sua espera
Amanhã será para sempre...

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Rosas de Inverno...







Difícil voltar aqui depois de tanto tempo
Tantas coisas parecem inalteradas
Do mesmo jeito que eu deixei
Do mesmo jeito que você me deu
Outro dia vi na rua alguém muito parecido com você
Fui acometida no mesmo instante por uma nostalgia
Por uma saudade cortante
E seu sorriso fez todo sentido naquela tarde fria e sem graça de inverno
E tive vontade de chorar
Vi rosas vermelhas por todos os lados
Pelas ruas sujas e cheias de gente
E pensei na falta que você me faz
E do espaço que você ocupa na minha vida
Difícil voltar aqui depois de tudo
E ver que não existimos mais


By Silene Neves

domingo, 4 de março de 2012

Se tudo pode mudar...

Vontade de um mundo novo
Fome do desconhecido
Tirar a roupa da alma
Lavar as mãos e os olhos do que já passou
Desocupar as prateleiras do coração
Vontade de Vida... Vestida de roupa nova
Fome de outros olhos... De outras mãos
Mudar os desejos de casa
Pintar o céu de outra cor


By Silene Neves

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Relevância...

Que a Vida não seja tão breve como um feriado qualquer...
Que a Vida tenha cheiro e tempo de Vida
Que cada instante seja preenchido pela eternidade
E cada amanhecer seja celebrado...



By Silene Neves