segunda-feira, 23 de julho de 2012

Eternamente...

Amanhã...
Eu acordarei cansada
Cansada de lhe esperar
E sem descanso
Eu ainda te esperarei em outras noites
Por dentro das madrugadas de lua clara
Ou sem estrela alguma
E nas próximas manhãs de todas as primaveras
De todas as estações vindouras
Para sempre amanhã...
A sua espera
Amanhã será para sempre...

4 comentários:

She disse...

Ei minha linda! Vim conferir as novidades, matar a saudade e te deixar muitos beijos, beijos! ;)
She

Danny disse...

Linda Si, que saudades desse seu cantinho.

Daniel disse...

Este amanha, está tão longe,
e parece que nunca chega.
Chega a ser desesperador!
Adoro suas palavras.
Dan

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom,dou-lhe os parabéns, espero vir aqui mais vezes. É um caminho a caminhar, nos traz força e coragem, para que nesta viagem, saibamos como esperar. Há um ditado que diz: Quem espera desespera, mas eu acredito que quem espera sempre alcança.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito satizfeito.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.