segunda-feira, 25 de junho de 2012

Rosas de Inverno...







Difícil voltar aqui depois de tanto tempo
Tantas coisas parecem inalteradas
Do mesmo jeito que eu deixei
Do mesmo jeito que você me deu
Outro dia vi na rua alguém muito parecido com você
Fui acometida no mesmo instante por uma nostalgia
Por uma saudade cortante
E seu sorriso fez todo sentido naquela tarde fria e sem graça de inverno
E tive vontade de chorar
Vi rosas vermelhas por todos os lados
Pelas ruas sujas e cheias de gente
E pensei na falta que você me faz
E do espaço que você ocupa na minha vida
Difícil voltar aqui depois de tudo
E ver que não existimos mais


By Silene Neves

4 comentários:

Andre Mansim disse...

Puxa Sil!
Porque vc fica tão ausente do seu blog. Você escreve tão bem!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Lindo e triste. Tudo no mesmo lugar, menos o amor. beijos, Sil.

Junior Rios disse...

Eu sei como é difícil voltar, mas sempre é preciso se resgatar!Intenso...

Te espero no meu novo espaço,Sil!Eu sempre vagando,neh?

wwwanjoclandestino.blogspot.com

Junior Rios disse...

Eu sei como é difícil voltar, mas sempre é preciso se resgatar!Intenso!

Te espero no meu mais novo espaço,Sil...Eu sempre vagando,neh?

wwwanjoclandestino.blogspot.com