terça-feira, 24 de maio de 2011

Só isso pra dizer agora...

É feito o silêncio das rosas
Da dor causada pelos espinhos
É feito o cansaço de um pássaro a voar ferido
Da dor causada por uma partida
É feito a vida
Assim desse jeito
Exactamente como ela é!
Feita de silêncios e dores
Espinhos e voos sem direcção
É feito esse mundo
Bom de se viver...
Daqui ainda dá pra ver
Flores e amigos
Amores pra nascer
Mesmo que sempre haja silêncio
Espinhos...
E pássaros a sofrer

19 comentários:

Cantinho She disse...

Lindo demais como td que vc escreve, mas.... Tá tudo bem, Lindona?! Espero que sim...
Beijo, beijo em seu coração!
She

Andre Mansim disse...

Muito bonito o poema minha amiga Sil! Parabens, vc faz pequenas pérolas pra gente ler!

Não some não, e aparece lá no blog!

Tatiana Moreira disse...

A vida e suas provações!
Espero que tudo esteja bem!
_________________________________

Você faz parte da alegria que eu estou sentindo... Por essa razão conto com a sua presença em meu blog, participando do sorteio que será realizado!
Sinta-se carinhosamente abraçado.

Xipan Zéca disse...

Ó!!!

Lindo, lindooo
Bãooooooooooo dia

Deussssssssskiajude
Beijo
tatto

Jão disse...

Saiba que cada espinho tem uma flor, para cada lágrima um sorriso, para cada derrota a esperança de tentar de novo e em cada silencio uma lembrança e esperança de que o futuro será belo.

Beijos querida!

Vozes de Minha Alma disse...

Lindo, lindo teu poema.
Os espinhos muitas vezes proporcionam no final uma beleza.
Um abraço afetuoso, bjs.

O Árabe disse...

Bem dito, Silene... assim é a vida. Bom resto de semana, fica bem!

Carina Rocha disse...

Lindo, lindo!

Gostei muito ler =)

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida é como uma rosa...bonita mas com tantos espinhos, adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

Max Psycho disse...

Sil adorei vc realmente tem o dom das palavras, bju grande gata

CARLA STOPA disse...

Amiga, vc é encantadora...amo estar aqui lendo vc, e a admiração é recíproca viu...Beijos...

MOISÉS POETA disse...

Poema lindo para começar a noite ...

encantou-me !

um beijo , Silene !

Aleatoriamente disse...

Olá Sil.
Obrigada pelo carinho.
Um poema maravilhoso, cheio de boniteza.

Beijinho linda.
Fernanda

H.Brayan disse...

minha doce rosa.
é com o coração apertado q concordo com vc... meu azul está em céus nublados, meus outonos são sempre cheios de ventanejos...
nada q o calor da reflexão de um bom inverno não resolva.
bjo azul celéste

Everson Russo disse...

Silencios que muitos nos dizem,,,de almas que gritam aflitas,,,grande beijo de boa semana pra ti amiga.

Elaine Castro. disse...

Ei lindona,

Assim é feita a vida de muitas nuances, cada um dá o tom que commpleta sua composição.
Também estou com saudades de você e suas palavras, mas agora está mais difícil para mim as visitas diárias!

Beijoquinhas.

Fernand's disse...

força para continuar quando seria mais fácil parar. mais fácil e mais tortuoso...


bjsmeus

Viviane Moraes disse...

Sil,

Nossa estamos em sintonia, no meu ultimo pots falei mais ou menos como você..
A flor já linda, mas temos que aprender a conviver com os espinhos.

Beijos&Fica com Deus
Querida *-*

Nilson Barcelli disse...

Li vários poemas, deste e do outro blog, e gostei muito.
Um beijo, Silene.