segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Amor... Amar... Amor...!


As pessoas tentam definir o que é o "Amor"
Como se fosse possível sintetizar o que é "Amar"
Amamos família
Pais, irmãos... tios
Filhos, avós e sobrinhos
Amamos amigos
Amamos alguém... sem nunca ter esquecido "outrem"
Amamos mais... Amamos menos?
Amamos iguais... Amamos diferentes
É possível deixar de amar?
Ama-se a distância?
Ama-se a primeira vista?
Ama-se sem se ver? Sem se tocar?
Ama-se na "real"?
Ama-se no virtual?
Ou amar é surreal?
Amamos porque precisamos?
Ou porque escolhemos amar?
O que nos faz amar?
Existe quem nunca amou?
Amamos quem nos completa?
Ou amamos como o atirar de uma flecha?
Nascem "aqueles" frutos de um grande amor
Vive "preso" quem mata... dizendo que amou!
Amamos reunidos para uma refeição
Amamos juntos! Ou não?
Amamos na cama... entre corpos
Na pele... sensação!
Amamos simplesmente... de coração!
Vive-se para amar?
Ou ama-se para viver?
Um amor é para a vida inteira?
Ou pode ser uma coleção na prateleira?
Assumimos e sustentamos um "amor"?
Ou usamos e descartamos e ele murcha como uma flor?
O amor nos prende ou nos liberta?
Quem somos quando estamos amando?
O que será de quem não é amado?
Ama-se em silêncio?
Quem ama perdoa um erro... um escândalo?
Amor e Amar tem cheiro e sabor?
Tem forma... e cor?
O amor já existe? Ou se constrói... edifica?
Tem amor de verão... de qualquer estação!
Amor tem prazo de validade?
Amor fica velho... doente?  E morre?
O amor muda com o tempo?
O amor mudou "através" dos tempos?
Você tem tempo de amar?
De dizer que ama?
Quando tempo te resta?
Para amar sem pressa...
Ou para amar o que lhe interessa?

Queridos Amigos...

Todos que me seguem sabem que sou "quase" uma sofredora por amor! rs...

Então... estava por aí... e visitei um blog, na verdade já fui lá algumas vezes. E me deparei com um texto mais que "fantástico" sobre o "Amor". Não gosto muito de definições de especialistas "nisso" ou "naquilo"... acho que  quem "sabe" é quem sente... quem vive de verdade sua própria vida e observa a si mesmo antes de observar os outros!

Mas... essa leitura me inspirou esse texto acima... na verdade me abriu um leque de indagações. E se me fez pensar é porque para mim valeu!  E diga-se de passagem é uma leitura útil a todos... principalmente para quem possui esse contato virtual com frequência!

Sabem... não gosto de indicar blogs! Parece marketing... sei lá... uma publicidade! Porém não se trata de um simples texto... daqueles "de auto ajuda", e sim um conjunto de informações reais e relevantes. Então... visando que vale muito apreciar o texto " vou deixar disponível "Aqui" para quem desejar visitar. Vale muito!

Beijos
Sil
Aqui sempre

25 comentários:

Teresa Cristina disse...

Oi linda!! Quantas indagações sobre o amor e sobre amar...adorei a poesia, a reflexão. Saudades de vc. Bjus e ótima semana!

O Árabe disse...

Bonito, Silene! Mas, em verdade, é prciso que o amor suscite perguntas aos corações... todos os dias. :) Boa semana!

Andre Mansim disse...

Amar está fora de moda... Mas só para os idiotas!
Quem ama e sabe o que é amor de verdade, com certeza é mais feliz!
Sofre as vezes, mas é mais feliz!

หคтнყ disse...

Que lindo.
É verdade,é algo impossível definir a arte de amar.
São tantas formas de demonstrar o amor.

Bjuu grande

Franck disse...

Somos amantes à moda antiga... ainda!
Bjs*

Zil Mar disse...

Oi....amei o texto....

Me leva a refletir...sobre como estou amando...

Bom demais seu post!!!

Bjos e lindo dia!!!!

Zil

Cínthia disse...

Nem sei como vim parar aqui, mas amei, tanto o seu texto quanto o que você indicou!
Vocês dois jogaram luz numa área da minha vida que estava em trevas, na mais completa escuridão!
E eu agradeço muito a você e a esse outro blogueiro, o Rick.
Agora, vou ali ser feliz!
Beijos!!!!!

Rick disse...

Sil:

Você é FODA!

Obrigado pelo carinho e pela citação!
Mais do saber se terei ou não visitas ou comentários no blog, o gostoso
é ver e saber que você gostou do post e que ele fez alguma diferença na sua vida!

Um beijo grande!!!!!! :D

P.S.: A Cínthia comentou aqui e lá! Que bom quando podemos fazer diferença na vida de alguém, não é mesmo?
Show de bola!!!!!

Viviane Moraes disse...

O amor já sabemos existi várias definições, não precisa de especialista para saber como é. Quem sente sabe como é....

Beeijos *-*
Fica com Deus querida.

Jorge Pimenta disse...

definir o amor?
há muito que deixei o atrevimento :)
beijinho!

J.únin R.odriguez disse...

A unica coisa a declarar é: Como posso explicar algo que apenas posso sentir?

O amor é um sentimento de face única. Pode ter várias formas, agir de várias maneiras e de graus diferenciados dependendo da relação que o envolva, mas ele mantém sua face intacta, limpa e sem nenhum arrependimento ou frustração. Porque quando se ama de verdade, não há do que se envergonhar. Ele não tem fim, não para quem o realmente sente. E se algum dia acabar, é porque nunca foi de verdade.

Beijão Sil! Simplesmente adorei o poema!

JB disse...

Silene,

Tantas questões... e muitas delas nos invadem no dia-a-dia, enquanto outras pelo ritmo diário que nos impomos passam-nos muitas vezes ao lado, infelizmente.

Já fui conhecer o interessante texto que a "motivou" e enriqueci duplamente.

Bela forma de nos questionarmos... e gostei desse jogo do amor :)

Beijinhos

Lidi Dias disse...

OLá Sil!
O amor sempre nos inspira, nos expira por dentro, por fora, dos lados, e de qualquer ângulo não deixa de ser AMOR>
Adorei !!
Beijos na sua Alma

ઇઉ Nárgela Bueno ઇઉ disse...

Sei lá...o amor é uma coisa que se tornou tão complexo pra mim que parei de querer definir,de querer conhecer,de querer sentiu novamente

bjks

João disse...

Essa foto é delirante mesmo, adoro quando voce diz que sempre vira a cabeça pra ve-la melhor, ahahhaa.
E sobre esse seu apreço pelo amor, acho realmente isso sensacional... tem palavras melhores que as do amor? Gostei do texto do Rick tbem. rs

Abrçs Sil.

João;

Daniel disse...

Oi minha querida
suas palavras sempre tão
cuidadosas quando se fala
é realmente confortante
quando se trata de ti não é?
suas palavras sempre tão doces.
Um grande beijo,

Dan

Junior Rios disse...

Olá Sil!Tem selos para você no Sin Parangón, passa por lá depois, ok?

Bjo

Gil Façanha disse...

Querida, vim agradecer tua doce visita e me encantar com teus textos. Estou de saída agora, mas assim que possivel, volto para ler mais. Para me seguir, vai até o fim da página. Lá vc vai encontrar meus seguidores. Bjs querida. Eu já te sigo.

Daniel Savio disse...

Amar deixa muita interrogações, mas uma das reposta dele é nosso sorriso...

Fique com Deus, menina Silene.
Um abraço.

Moreira disse...

Muito obrigado pelas palavras ;)

Acedi ao seu pedido ;)

Belo texto sobre essa palavra muitas vezes dita e talvez poucas vezes sentida ;)

Jão disse...

Amor não tem receita, ele acontece e temos sempre que aprender a lidar com ele pois a cada vez ele aparece diferente.


Beijos pra você, bom encontrar uma conterrânea por aqui.

Cantinho She disse...

Siiiiiiiiiiiiiiiiil minha linda, adorei! Achei muito interessante mesmo! ;)

Minha querida, vc conseguiu e o comentário ficou lá no Cantinho, já te linkei na lista de convidados, seja bem-vinda, obaaaaaaaaa adorei ter vc comigo nessa data especial!

Bjo, bjo!

Priscilla disse...

Muito bom esse texto!
Adorei!
Beijos meus

Flor da Vida disse...

Amiga, até hoje só aprendi a amar, mas entender o amor, nem tento mais,rsr... Amei seu texto! Ficou belíssimo e reflexivo! Amada, saudades de ti menina adorável! Deixo carinhos pra ti, viu? Bjsss

A.S. disse...

Silene,

Vou deixar-te um poema em jeito de comentário, do meu primeiro livro "Passos, Traços e Laços", que me parece oportuno:



O amor é um puro acontecer
É um misto de prazer e de ciúme
É querer-te loucamente e não te ter
(o amor é feito de água e lume)

O amor não se aprende, não se ensina
É resistir à saudade sem queixume
É não saber onde começa, onde termina
(o amor é feito de água e lume)

É procurar um desejo insatisfeito
Como quem se busca e não se encontra
É sentir quebrar dentro do peito

As amarras, as regras, o costume
É ousar a coragem de ser contra
(o amor é feito de água e lume)

Beijos...
AL