sábado, 1 de janeiro de 2011

Carta de Janeiro... Pra quem voltar...

Meu bem...

É mais um ano que se vai...
Daqui a pouco... é Janeiro!
E contando do dia que você escolheu não ficar
Devem somar quase 1.500 dias
Ou quase... 4 anos
O tempo já se tornou apenas um detalhe
E o mundo não é mais o mesmo
E nem as pessoas!
Eu mudei pouco... eu acho.
Não ouço mais, Ana Carolina
Com aquela boca grande... gritando frases de amor!
Há muito... eu prefiro ouvir Djavan e Maria Betânia
Não consegui abandonar meus cd's de MP3
Com aqueles hits românticos dos anos 80 e 90...
E até alguns dos anos 70...
E para toda ocasião... feliz ou triste
Eu continuo bebendo vinho moderamente (...?)
Pouca coisa aconteceu por aqui
Talvez o de melhor
Foi você...
Parado do outro lado da rua
Naquele dia nublado... de primavera
Depois que me ligou e disse:
Sai no portão que eu quero lhe ver!
É mais um ano...
É mais de mil dias sem sentir seu hálito menta
Misturado com vodka, coca-cola e cerveja... ofegante!
Ainda... o ar fresco da noite me traz você
E todo dia de chuva me lembra sua partida
Não saio mais... e nem me divirto
Vivo entre os meus afazeres e minha dedicação materna
A vida é somente a "Vida"
Sem você me restou somente "Viver"!
Sei... a Vida é rara... e Viver é maravilhoso!
Mas... ao seu lado o mundo tinha outras cores
As minhas cores prediletas!
Todo sabor era mais "sabor"
A Vida era mais "Vida"!
Me recordo do seu olhar já me dizendo tudo
E me calando todas as palavras
Deixando somente que nossos corpos falassem
É mais um ano...
E quantos mais virão?
Não importa... isso é só um detalhe
Até que o meu telefone toque
Ainda que... eu espero que você volte.

9 comentários:

Teresa Cristina disse...

Oi Sil, deixar ir...desprender-se...às vezes é bem difícil...mas escrever é bom, alívia dores, saudades e como sempre a sua poesia ficou linda! Que coisas boas lhe aconteçam em 2011. Beijocas

Cocada.g disse...

Oi Silene, venho lhe desejar um feliz 2011. Espero que nesse ano você consiga superar tudo de ruim que possa ter te ocorrido. Dê tempo a todas essas coisas e espere a ferida cicatrizar, agora pode parecer dificil mas acredito que você conseguirá passar por tudo isso.

E não desistir é a chave! Sempre podemos ser felizes de uma forma ou de outra!

Abraços feliz 2011!

Calcanhar de Aquiles disse...

"Quem volta de verdade é porque se encontra no lugar."

Chegou o ano novo e que venha cheio de alegrias e realizações.
Abração do amigo "Calcanhar".

meus instantes e momentos disse...

...e chegou 2011, com todas as expectativas e esperanças de ser bom. Que todos aqueles fogos e sorrisos que explodiram nessa madrugada, sejam para todos nós, o prenúncio de muito amor, fartura, saúde e felicidade....
Maurizio Bersani

Serginho Tavares disse...

hummm... achei um começo de ano triste... melancólico...
enfim, feliz ano novo de novo!
amor, saúde, sucesso, fortuna, paz!
beijos

Max Psycho disse...

Espero que este seja mais um ano de muitas realizações para todos nós e que nossa amizade possa prosperar cada vez mais na paz do Nosso Senhor Jesus Cristo, bjus gata

Viviane Moraes disse...

... Sil que 2011 possa ser o ano de amores !! Cada vez suas poesias continua uma mais linda que a outra..


Beeijos *-*
Fica com Deus flor.

Silvana Villas-Boas disse...

Sil
Um feliz 2011 pra você. Amei seu poema. Te desejo um universo de coisas maravilhosas neste início de ano. Obrigada pela visita ao meu Blog Jardim dos Girassói.
Bjusss da sua xará
Sil

Daniel Savio disse...

Por alguns amores acabam, não é?

Fique com Deus, menina Silene Neves.
Um abraço.